Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Caros amigos e estimados leitores (poucos, porque os meus pais disseram-me para não estimar quem não conheço) entendo que todos estejamos já enfadados com o tema da crise e com as iluminadas justificações que políticos, economistas, engenheiros, taberneiros, trolhas e até pegas têm dado, mas convido-vos a admitir uma nova tese. Não rejeitem já o que vão ler porque faço questão de me justificar em seguida.

 

Então, após uma observação atenta que, contudo carece de dados do INE, cheguei à conclusão de que afinal, para além da crise internacional, há um outro factor que ajuda a perceber tão acentuada crise e o estado de alma pessimista que paira neste país há já alguns anos. Com efeito, estou em condições de afirmar que o factor que poucos se terão lembrado, até então, é mesmo o facto de o S.L. Benfica, outrora Glorioso, estar também em crise de resultados no futebol profissional. Há alguém que duvide de que, em caso de pesquisa, se concluirá que quando o Benfica ganha a produção média nacional aumenta consideravelmente? Tenho mesmo a sensação de que, matematicamente, isto é passível de confirmação. Estatisticamente o índice de correlação entre os desaires do Maior Clube do Mundo e a crise económica nacional não deverá andar muito longe de “

1”.

Para quem não percebe muito disto e precisa de legenda passo a traduzir: Quando o Benfica perde é perfeitamente natural este clima de crise no nosso maravilhoso país.

 

Para provar que não estou completamente errado vamos admitir toda a lógica que tentarei explanar e tomar como certos os axiomas abaixo:

 

Ä    Axioma 1: A correlação entre os desaires do Benfica e a crise económica é mesmo 1.

Ä    Axioma 2: Eu até percebo disto.

 

Quando o SL Benfica perde, 60% da população fica evidentemente triste, enquanto os outros 40% alegram-se. Ainda assim, como não têm autoridade para manifestos, essa alegria é momentânea já que rapidamente são afectados pela maioria…afinal sempre estamos em democracia. E à vontade não é à vontadinha…

 

De acordo com a axiomática a produção nacional tenderá a cair. Assim, se cada trabalhador produz menos quer dizer que os custos de produção serão necessariamente superiores já que serão necessárias horas extra (devidamente pagas) para responder à procura imediata. No entanto dada a competitividade e ao mercado que tende a ser perfeito, as empresas vêem-se obrigadas a promover a sua oferta com redução de custos. O problema começa aqui…Para além da redução do Produto Interno Bruto per capita, as empresas não conseguirão reduzir os preços de forma a competir dada a sua estrutura de custos. Desta forma conhecerão uma diminuição da procura, que leva ao despedimento do pessoal assalariado. Assim mais pessoas serão abrangidas pelos subsídios da segurança social o que provocará o seu colapso. Por outro lado verificar-se-á uma necessária perda do poder de compra que alavancará uma redução da procura de forma sistémica provocando um ciclo vicioso que culmina numa grave crise económica.

 

Posto isto não seria melhor alertar a nossa classe politica e os privados com poder económico que é preferível investir no plantel do Benfica em vez de endividar o país em coisas que não interessam a ninguém como o aeroporto da OTA em Alcochete ou num TGV´zito? Depois de tudo isto eu acharia mais prudente…

 

sinto-me: "Nunca Pior":P
tags: , ,
publicado por Fábio Duarte às 00:18

De Liliana a 4 de Maio de 2009 às 16:35
Tira um tempinho para escreveres aqui!

Saudades*


De Anónimo a 1 de Julho de 2009 às 17:47
Sem dúvida um dos teus melhores post!'
Gosto!Gosto mesmo!

Um beijinho*

Ângela


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Últ. comentários
Realmente tens razão Fábio apesar de inexperiente ...
Sem dúvida boa temática escolhida. Quando pensávam...
http://cthings.blogs.sapo.pt/Novo blog, aparece : ...
Sem dúvida um dos teus melhores post!'Gosto!Gosto ...
Gosto do novo estilo do teu blog! :D
Tira um tempinho para escreveres aqui! Saudades*
por vezes é bom escrevermos aquilo que sentimos! :...
Será que todas as palavras definem aquilo que sent...
É incrível essa tua capacidade de surpreender. Mes...
Palavras . Meras palavras que são capazes de refle...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro