Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Cresci, chorei e sorrindo hoje luto.

É isto o que sei fazer:

Lutar, sacrificar sempre e desde “puto”.

 

Procuro um lugar jamais meu,

Ou teu,

Ou sequer de outro alguém

Que se por pensar Além

Fácil o atribuir de falsas presenças.

Porquê? Quem Te pensas?

 

É isto o que sei fazer:

Viver, criticando,

Sobreviver, berrando,

E exigindo dos outros

Tanto quanto a mim imponho.

 

Viver só assim é permissível:

Procurando o óptimo inatingível,

Lutando por dias singulares,

Para que memoráveis não apenas os seculares,

Que de recordações felizes ou austeras,

Conhecem referências de varias esferas.

 

Não adio a morte,

Antes ordeno a sua data,

Que para limites impensáveis,

Fáceis os dias e bem mais agradáveis,

Me permitem vida sem abrupto corte.

 

É isto o que eu sei fazer:

VIVER pensando.

 

tags:
publicado por Fábio Duarte às 22:38

De Liliana a 25 de Janeiro de 2009 às 13:42
Nao somos de ninguem,
Mas a vida, a cada dia que passa, ensina-nos que há pessoas que nos fazem viver!

Há quem viva para a vida!
Há quem viva para ser feliz!
E há quem viva para amar!

Se é para viver a vida, quero que seja para sempre!
Se é para viver para ser feliz, quero ter a companhia certa!
Mas se é para viver para amar, não quero sofrer!

beijo


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Últ. comentários
Realmente tens razão Fábio apesar de inexperiente ...
Sem dúvida boa temática escolhida. Quando pensávam...
http://cthings.blogs.sapo.pt/Novo blog, aparece : ...
Sem dúvida um dos teus melhores post!'Gosto!Gosto ...
Gosto do novo estilo do teu blog! :D
Tira um tempinho para escreveres aqui! Saudades*
por vezes é bom escrevermos aquilo que sentimos! :...
Será que todas as palavras definem aquilo que sent...
É incrível essa tua capacidade de surpreender. Mes...
Palavras . Meras palavras que são capazes de refle...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro