Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

Entrámos…

 

“Quero-te”…

Procuro-o em cada toque, em cada beijo provocante,

Sinto-o mais perto a cada subtracção de peças...

“Quero-te tanto”…

 

Procuro em ti o fim e adio-o.

A cada arrepio um novo caminho…e prolongo-o.

O caminho que o homem com sua mulher percorrem juntos.

 

Continuo…

A cada estimulo múltiplas descobertas.

Com maior força te exploro,

Por maior fulgor sinto estar perto…tão perto!

 

Encontro…

Sentimento inesgotável de adjectivações

Em ti, o Nirvana.

 

O caminho não termina,

Nunca termina!

 

Procurá-lo-emos sempre,

Os dois…Julieta

 

publicado por Fábio Duarte às 00:05

De Liliana a 22 de Dezembro de 2008 às 00:12
Porque nem todas as palavras conseguem descrever aquilo que sentimos por alguém! Faltarão palavras para definir o quanto inexplicavel é aquilo que sentimos por quem nos aproxima da verdadeira felicidade!

Beijo


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16

21
23
24
25

28
29
31


Últ. comentários
Realmente tens razão Fábio apesar de inexperiente ...
Sem dúvida boa temática escolhida. Quando pensávam...
http://cthings.blogs.sapo.pt/Novo blog, aparece : ...
Sem dúvida um dos teus melhores post!'Gosto!Gosto ...
Gosto do novo estilo do teu blog! :D
Tira um tempinho para escreveres aqui! Saudades*
por vezes é bom escrevermos aquilo que sentimos! :...
Será que todas as palavras definem aquilo que sent...
É incrível essa tua capacidade de surpreender. Mes...
Palavras . Meras palavras que são capazes de refle...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro